Vereadora Júlia Arruda

Blog

Arquivo

Júlia Arruda se reúne com titular da Seharpe e cobra solução para loteamento Monte Celeste


Vereadora destacou a necessidade de famílias do local serem contempladas em programas habitacionais

A vereadora Júlia Arruda participou, nesta segunda-feira (29), de reunião com o titular da Secretaria Municipal de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes, Homero Grec, para discutir a situação das famílias que moram no loteamento Monte Celeste, no bairro Planalto.

Acompanhada por uma pequena comissão de moradores da localidade, Júlia expôs ao secretário a atual realidade enfrentada pelos habitantes do loteamento e destacou a necessidade destas famílias serem contempladas por programas habitacionais da Prefeitura.

“Acompanhamos há algum tempo a situação precária dos moradores do assentamento Monte Celeste e sabemos de suas dificuldades que, aliás, são comuns a todas as famílias que vivem em assentamentos na nossa cidade. Desta forma, procuramos a secretaria para darmos as moradias que estas famílias esperam desde a gestão passada.”, disse Júlia.

De acordo com o secretário Homero Grec, a Prefeitura está ciente da situação enfrentada pelos moradores do Monte Celeste e dos demais 73 assentamentos existentes em Natal, e trabalha para conseguir verbas federais para construir cerca de 12 mil unidades habitacionais até o ano de 2016.

“Atualmente trabalhamos com duas possibilidades de viabilizarmos estas moradias, o programa Minha, Casa Minha Vida, e o projeto de urbanização integrada, que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal. Certamente os moradores dos assentamentos de Natal serão beneficiados com estas iniciativas”, disse.

Segundo o secretário, existe ainda a possibilidade dos moradores do assentamento celeste serem contemplados com moradias no conjunto Vivendas, que será construído no Planalto e contará com cerca de 900 residências. “Deste total, 30% será destinado aos assentamentos. O Monte Celeste, assim como os outros assentamentos, terá uma chance de disputar esse percentual e, inclusive, já conta com a vantagem de atender ao critério da territorialidade por ficar próximo ao empreendimento”, afirmou Homero.


Frente Parlamentar discute aplicação de medidas socioeducativas em Natal


Audiência será presidida pela vereadora Júlia Arruda

A atual falência do sistema socioeducativo de internação para adolescentes infratores do Rio Grande do Norte e o seu reflexo no Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente municipal será tema de debate, nesta quinta-feira (25), a partir das 9h, durante reunião da Frente Parlamentar Municipal da Criança e do Adolescente, na Câmara Municipal de Natal. A audiência será presidida pela vereadora Júlia Arruda e contará com a presença de representantes de entidades de defesa dos direitos da criança e do adolescente, secretários municipais e estaduais, juízes e promotores.

A falta de vagas nas unidades de medidas socioeducativas da Região Metropolitana de Natal, constantemente divulgada em matérias e reportagens, tem impossibilitado a apreensão de adolescentes que cometeram atos infracionais. Por conta da falta de estrutura em meio fechado, este jovens estão sendo encaminhados para o cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto, como liberdade assistida e prestação de serviços à comunidade. De responsabilidade do município, as medidas em meio aberto, contudo, não estão comportando a atual demanda e acabam por deixar dezenas de jovens desassistidos.

“Com o Centro Educacional (Ceduc) do Pitimbu e o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Infrator (CIAD) fechados por conta de interdições e reformas, a Justiça vem sendo obrigada a liberar adolescentes que apresentam envolvimento em crimes graves, como tráfico de drogas e assaltos a mão armada. Como o município também não possui recursos para assumir esta incumbência, o que estamos vendo é o crescimento na reincidência destes crimes e, consequentemente, o aumento da violência na nossa cidade”, afirma a vereadora Júlia Arruda.

Além da falta de vagas para acomodar os jovens infratores, outros fatores também contribuem para o não funcionamento adequado do sistema socioeducativo de internação, entre eles a falta de servidores para atuarem nas unidades e a defasagem do programa pedagógico oferecido nestes locais. Para regularizar essa situação, o Ministério Público assinou, no último mês de março, convênio com a direção da Fundação Estadual da Criança e Adolescente (FUNDAC), responsável pela administração dos Centros. No entanto, o acordo ainda não deu resultados efetivos.

De acordo com a parlamentar, ao trazer o debate acerca deste tema para a Câmara Municipal, o propósito dos membros da Frente é chamar a atenção para a atual precariedade das unidades socioeducativas em meio fechado e cobrar do Governo do Estado medidas cabíveis para resolver a situação. “Nosso objetivo final é evitar que as medidas socioeducativas em meio aberto, de responsabilidade da Prefeitura, fiquem sobrecarregadas, prejudicando a recuperação dos jovens em tratamento. Para isso, devemos cobrar do Estado o cumprimento do seu papel”, disse Júlia.

Júlia participa de bate papo com alunos de Publicidade da UnP

Vereadora falou sobre sua experiência em campanhas eleitorais e tirou dúvidas dos estudantes

A vereadora Júlia Arruda participou, na noite desta quarta-feira (18), de um descontraído bate papo com alunos do curso de Publicidade da Universidade Potiguar (UnP). Dentro do horário da disciplina de Marketing Político, Júlia, que é publicitária de formação, falou sobre sua trajetória na Câmara Municipal, dando ênfase às duas campanhas eleitorais que disputou.

Na oportunidade, a vereadora destacou a importância de estratégias de marketing e comunicação para o êxito eleitoral, mas frisou que, mais importante do que isso, é a plataforma e a imagem do candidato. “A propaganda só será benéfica se o seu conteúdo for de qualidade. Não adianta investir em comunicação se as ideias e a imagem do candidato não forem positivas. Neste caso, a publicidade pode contribuir para causar rejeição no eleitorado”, apontou.

Ao relembrar a campanha eleitoral de 2012, que lhe rendeu o segundo mandato no Legislativo Municipal, Júlia falou sobre a produção de suas principais peças publicitárias, detalhando desde o processo da escolha da foto oficial – tirada em ambiente externo –, até a seleção das cores prioritárias dos anúncios. Por ter experiência como diretora de arte em agências da cidade, Júlia revelou que, além de priorizar um conteúdo de qualidade, seu material contava com uma estética diferenciada.

Para o coordenador do curso de Publicidade da UnP, professor Fábio de Silva, o contato direto dos alunos com um político ajuda na assimilação das várias etapas que compõem uma campanha eleitoral. “Atividades como estas são importantes, pois aproximam os estudantes das experiências que eles encontraram no mercado de trabalho”, destacou, enfatizando que apenas parlamentares de ficha limpa são convidados para debates na instituição.

Além de discorrer sobre as técnicas de marketing utilizadas em suas campanhas, a vereadora Júlia Arruda falou sobre sua atuação na Câmara Municipal de Natal e as principais bandeiras defendidas pelo seu mandato, como a educação e a defesa dos direitos das crianças e adolescentes.

Câmara Municipal de Natal aprova projeto que institui o “Dia do Cerimonialista” em Natal

Câmara Municipal de Natal aprova projeto que institui o “Dia do Cerimonialista” em Natal

Proposta por Júlia Arruda, matéria tem o objetivo de homenagear os profissionais que atuam no setor

 A Câmara Municipal de Natal aprovou, durante sessão ordinária realizada nesta quinta-feira (18), projeto de lei que dispõe sobre a criação do “Dia Municipal do Cerimonialista”, a ser comemorado anualmente no dia 29 de outubro. A matéria, proposta pela vereadora Júlia Arruda (PSB), tem o objetivo de homenagear os profissionais que atuam no setor de Cerimonial em Natal, tanto na esfera pública quanto na privada.

"O ofício do cerimonialista não é somente importante, mas fundamental na condução de solenidades e eventos, sejam eles oficiais ou sociais. Por isso, nada mais justo que o município reconheça esse trabalho, seguindo o exemplo do estado e do país, que já comemoram o dia deste profissional", justificou a vereadora.

De acordo com Júlia, a aprovação da matéria representa, ainda, o reconhecimento dos vereadores ao trabalho desempenhado pela equipe de Cerimonial da Câmara Municipal de Natal, essencial para o pleno funcionamento das atividades legislativas.

A matéria segue agora para sanção do Executivo.

Júlia pede empenho do Executivo para manter conselheiros nos cargos

Acompanhada de representantes da categoria, vereadora participou de reunião com o titular da Segap

A vereadora Júlia Arruda (PSB) participou, na manhã de hoje (17), de reunião entre os representantes dos Conselhos Tutelares de Natal e o titular da Segap, Sávio Hackradt, para discutir a prorrogação dos mandatos dos conselheiros da cidade. Na oportunidade, a parlamentar pediu o empenho da Prefeitura para manter os atuais trabalhadores nos cargos, atendendo uma reivindicação da categoria em face de mudanças na legislação federal para unificar a eleição dos membros dos conselhos.

De acordo com a parlamentar, a prorrogação é a melhor maneira de se evitar a realização de eleições para mandato “tampão”, que trariam gastos desnecessários ao município. “A lei federal nº 12.696/12 unifica a eleição para os membros dos Conselhos Tutelares em todo o país e aumenta a duração dos mandatos dos conselheiros para quatro anos. Desta forma, queremos que os mandatos atuais, previstos para se encerrar em 2014, sigam até 2015, ano da primeira eleição nacional. Com isso evitaremos a realização de uma eleição desnecessária (em 2014), que só trará gastos aos cofres públicos”, explicou a vereadora.

Presidente da Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente da CMN, Júlia Arruda já havia apresentado projeto para estender a permanência dos conselheiros nos cargos. A matéria, no entanto, recebeu parecer contrário da Procuradoria do Legislativo, por ter sido considerada de competência do Executivo. “Para garantir que o assunto não seja esquecido, estamos aqui para pedir que a Prefeitura tome a frente e encaminhe mensagem à Câmara tratando desta temática. Estamos, inclusive, entregando nosso projeto para que possa servir de base para a elaboração desta mensagem”, afirmou.

Para o secretário da Segap, a reivindicação dos conselheiros é legítima e conta com a simpatia da Prefeitura. “Vamos analisar a situação junto à Procuradoria Geral do Município e averiguar a legalidade da medida. Nosso maior intuito é o de cumprir a legislação nacional”, disse Sávio, garantindo que o Executivo tem todo o interesse de encaminhar o projeto de prorrogação de mandatos dos conselheiros à Câmara.

Júlia Arruda visita Escola Municipal Professor Amadeu Araújo

Júlia Arruda visita Escola Municipal Professor Amadeu Araújo

Vereadora foi ao local para aplicar pesquisa que busca traçar a realidade atual das unidades de ensino da capital.

Cumprindo atividades da agenda da Comissão de Educação da CMN, a vereadora Júlia Arruda visitou, nesta segunda-feira (15), a Escola Municipal Professor Amadeu Araújo, em Nova Natal, Zona Norte da cidade. Na oportunidade, a vereadora coletou informações para a pesquisa que busca traçar a realidade atual das unidades de ensino da capital.

Na escola, Júlia conversou com professores e funcionários sobre o funcionamento geral do local, destacando temas como a estrutura das salas de aula, cumprimento do calendário letivo, programa pedagógico e corpo docente. “O objetivo da nossa pesquisa é observar in loco a situação das nossas escolas e, desta forma, basear o nosso trabalho nas reais necessidades destas unidades”, destacou a vereadora.

Em pouco mais de uma hora de conversa, os professores da Amadeu Araújo relataram que um dos principais problemas enfrentados no local é a falta de cadeiras, mesas e espaços reservado à prática de atividades diferenciadas, como exibição de vídeos e ações do programa federal Mais Educação.

“É comum os professores não contarem com um birô para distribuir os seus materiais de ensino. Os alunos, por sua vez, também ficam frequentemente sem assento. Outra dificuldade está na ventilação das salas de aula, já que grande parte dos ventiladores está sem condições de uso”, destacou uma professora.

Para outro educador, uma questão que merece atenção é o fato do colégio não possuir uma sala específica para a exibição de vídeos. “Nós temos TV de LED e aparelho de DVD, mas os equipamentos ficam instalados em uma sala que é utilizada para aulas comuns. Quando uma turma precisa usar o local, a outra que está tendo aula lá precisa sair”, comentou.

Entre os pontos positivos, os profissionais apontaram o trabalho eficaz do conselho de educação da escola, que reúne docentes, funcionários, alunos e pais de estudantes para realizar reuniões periódicas com a finalidade de discutir medidas para melhorar o local; e a biblioteca, reformada após o colégio vencer um concurso nacional promovido por uma empresa privada; o laboratório de informática; e a quadra coberta.

Percorrendo os corredores da unidade de ensino, a vereadora Júlia Arruda também constatou falhas na infraestrutura do colégio. Problemas, contudo, que segundo a parlamentar são simples de se resolver.“Vimos falhas na pintura, móveis danificados e outras coisas que são relativamente simples de consertar, basta cobrarmos o empenho da Secretaria de Educação”, disse Júlia destacando que obteve da titular da pasta, Justina Iva, a notícia de que Natal havia recebido verbas federais para climatizar todas as salas de aula.

Os professores e funcionários do local consideraram positiva a vista da Comissão de Educação e afirmaram esperar que a aproximação entre Legislativo e a comunidade escolar se traduza em benefícios para a educação.

A pesquisa

A Comissão Parlamentar de Educação, Cultura e Desporto da Câmara Municipal de Natal vem realizando, durante todo o mês de abril, visitas às escolas e centros municipais de educação infantil (CMEIs) para constatar a atual realidade da rede pública de ensino da capital. A intenção dos vereadores que integram a comissão – Eleika Bezerra, Júlia Arruda, Amanda Gurgel, Júlio Protásio e Ary Gomes – é observar in loco o funcionamento das unidades e colher informações úteis que servirão de base para o trabalho do grupo no Legislativo Municipal.


Ao todo, a comissão deve visitar 21 escolas e 21 CMEis localizados nas quatro zonas da cidade. De acordo com a metodologia da pesquisa, cada parlamentar ficará responsável por visitar em média oito estabelecimentos de ensino. Durante as visitas, os vereadores deverão interagir com professores e funcionários, bem como conversar com alunos e pais que possuem filhos matriculados nas unidades, e aplicar um questionário com perguntas acerca da situação do corpo docente, infraestrutura, programa pedagógico e gestão de cada instituição de ensino.

Júlia enaltece lei que determina a matrícula de crianças a partir de 4 anos em escolas públicas

Vereadora relacionou a legislação federal à lei municipal que garante vagas para alunos a partir de quatro anos

Em pronunciamento na tarde desta quarta-feira (10), a vereadora Júlia Arruda falou sobre a importância da lei federal 12.796/2013, que determina que os pais matriculem os filhos na escola quando completarem 4 anos e não mais a partir dos 6 anos de idade. Publicada no Diário Oficial da União no último dia 5, a lei estabelece que estados e municípios têm até 2016 para oferecer vagas para as crianças nesta faixa etária.

“Considero este instrumento um avanço para o nosso país, pois demonstra a preocupação com a melhoria do ensino infantil, que é a base de sustentação de todo o nosso sistema educacional. Espero que esta lei possa, além de diminuir índices de analfabetismo, possibilitar que nossas crianças tenham a chance de ter um futuro promissor”, disse.

A mudança estava prevista em emenda constitucional aprovada pelo Congresso em 2009. Agora a determinação foi incorporada na Lei de Diretrizes e Bases de 1996, de acordo com o Ministério da Educação. A emenda estabelece que estados e municípios têm até 2016 para oferecer vagas para as crianças nesta faixa etária.

Ao afirmar que a mudança terá efeitos positivos na melhoria da educação em todo o país, Júlia relembrou que Natal já contava com legislação semelhante, apresentada pelo seu mandato e sancionada na gestão passada, a Lei Municipal 245/2009.

De acordo com a vereadora, a matéria, que determina que o Executivo garanta vagas na rede pública de ensino para as crianças a partir de quatro anos, pode ajudar na execução da legislação federal, já que assegura as vagas para os novos estudantes.

“Precisamos agora pegar o gancho dessa legislação federal, que abriu o debate sobre esta temática, e trazer a discussão para o nosso município. Sabemos que o déficit de vagas ainda é muito grande na nossa cidade e a Secretaria de Educação precisa mostrar agilidade na busca por alternativas, seja com a construção de novas escolas de ensino infantil ou com a renovação de convênios com as escolas particulares”, disse.

Em seu discurso, a parlamentar também ressaltou encontros que teve com os titulares da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social, Raniere Barbosa e Ilzamar Silva Pereira, respectivamente. Na oportunidade, foram discutidos assuntos como a instalação de academias da terceira idade nas comunidades de Natal, e o andamento dos programas sociais do município.

Ao finalizar sua fala, Júlia louvou a iniciativa da Prefeitura do Rio de Janeiro, que divulgou nesta terça-feira (9) que multará os cidadãos que jogarem lixo em vias públicas. “Espero que nossa cidade possa seguir este exemplo”, afirmou.

Frente Parlamentar da Criança define calendário de reuniões até o meio do ano

Fórum coordenado por Júlia Arruda vai se reunir para discutir temas de interesse dos jovens de Natal

A Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente da Câmara Municipal de Natal já está com seu cronograma de reuniões definido até o meio do ano. A partir de abril, o fórum coordenado pela vereadora Júlia Arruda (PSB) vai se reunir mensalmente para discutir temas de interesse da infância e juventude. Realizados sempre na última quinta-feira de cada mês, os encontros estão marcados para o dia 25 de abril, 23 de maio e 27 de junho.

De acordo com a vereadora Júlia Arruda, o início dos trabalhos da Frente no ano de 2013 vai garantir que o debate sobre a promoção e proteção dos direitos das crianças e adolescentes de Natal permaneça na pauta do Legislativo Municipal e se traduza em benefícios para esta parcela da sociedade.

“Com a volta das atividades da Frente da Criança e do Adolescente seremos capazes de dar continuidade ao trabalho que desenvolvemos desde o ano de 2011, quando assumimos a coordenação do grupo. Nestes encontros, vamos discutir políticas públicas e deliberar sobre a criação de importantes projetos de leis do interesse do segmento infanto-juvenil”, disse ela.

Para a vereadora, as reuniões se tornam ainda mais importantes pois contam com a participação efetiva dos jovens, que são capazes de relatar seus desafios e dificuldades e, desta forma, enriquecem o debate e garantem que todas as medidas discutidas considerem as suas reais necessidades.

As reuniões da Frente seguirão ocorrendo após o mês de julho, quando a Câmara entra em recesso. As datas dos encontros, contudo, ainda não estão definidas.

Sobre a Frente

A Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente conta com mais de 120 entidades parceiras, entre órgãos públicos, instituições privadas e organizações não governamentais. Em atuação desde o ano de 2006, o fórum já gerou diversos encaminhamentos práticos com o objetivo de garantir a proteção integral dos direitos das crianças e adolescentes, entre eles o projeto de lei que institui a campanha permanente contra a exploração sexual infantil em Natal; o projeto de lei que garante vagas nas escolas para todas as crianças a partir de quatro anos de idade; aumento dos repasses para os Conselhos Tutelares do Município; e ampliação de recursos reservados às políticas públicas em prol dos jovens no orçamento municipal.

Comissão de Turismo se reúne com a diretora da ABIH-RN

Comissão de Turismo se reúne com a diretora da ABIH-RN

Encontro teve o objetivo de discutir a atual situação da atividade turística na capital

Os vereadores Júlia Arruda (PSB) e Felipe Alves (PMDB), respectivamente presidente e vice-presidente da Comissão de Turismo da Câmara Municipal, fizeram na manhã desta quarta-feira, 03, uma visita de cortesia a diretoria Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN). O presidente da entidade Habib Chalita Júnior e os diretores George Gosson e Márcio Guedes receberam os parlamentares.

No encontro, os vereadores ouviram as principais reivindicações do setor hoteleiro para alavancar o setor turístico natalense. O segmento representa a principal mola propulsora da economia da capital potiguar e vem passando por dificuldades em virtude de vários fatores como o cancelamento de vôos diretos para Natal, a situação do calçadão de Ponta Negra e o pouco investimento do poder público na divulgação da cidade.

Os representantes da ABIH-RN aproveitaram a oportunidade para solicitar aos vereadores uma cobrança maior junto ao poder executivo, para reativação do Conselho Municipal de Turismo. Júlia e Felipe se mostraram solícitos aos pleitos da ABIH-RN, entendendo que o setor turístico é responsável pela geração de mais de 150 mil empregos diretos e indiretos em Natal e não pode passar por essas dificuldades.

Os parlamentares prometeram uma atuação mais veemente no sentido de buscar soluções para os problemas do setor, alavancando os ganhos de toda a cadeia do turismo natalense. 

Para a vereadora Júlia Arruda, a interação do Legislativo com os representantes do trade turístico da capital é primordial para a recuperação do setor, que representa a principal atividade econômica de Natal.

“Como integrantes da comissão, temos a obrigação de estar sempre em contato com todos os que fazem turismo na nossa cidade. É só através dessa interação que poderemos propor medidas efetivas para melhorar o segmento”, disse.

Com informações da assessoria de Felipe Alves

Júlia Arruda se reúne com moradores do Bairro Latino

Na oportunidade, a população externou as dificuldades enfrentadas na localidade, e pediram auxílio à parlamentar para sanar problemas

A vereadora Júlia Arruda se reuniu, na noite desta quarta-feira (03), com moradores do conjunto Bairro Latino, em Candelária, zona Sul de Natal. Na oportunidade, a população externou as dificuldades enfrentadas na localidade, e pediram auxílio à parlamentar para sanar problemas como falta de saneamento, iluminação pública e segurança.

Durante a reunião, Júlia se comprometeu a intermediar o contato dos moradores com o poder Executivo, marcando reunião com os titulares das secretarias responsáveis por cada serviço considerado deficitário na região.

Além disso, a vereadora recolheu dados para gerar requerimentos às pastas municipais. Entre as solicitações estão a troca de lâmpadas de postes públicos, a limpeza de terrenos e da lagoa de captação da localidade, e a fiscalização de vias de trânsito da região.

Comissão de Educação da CMN se reúne com titular da SME

Vereadores informaram secretária acerca de pesquisa que será realizada para nortear trabalho na CMN

Os vereadores que integram a Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Câmara Municipal de Natal se reuniram, na manhã desta terça-feira (02), com a titular da Secretaria Municipal de Educação (SME), Justina Iva. Na oportunidade, Júlia Arruda, Eleika Bezerra e Ary Gomes informaram a secretária acerca da pesquisa para desenvolver o diagnóstico das escolas e centros de educação infantil de Natal que será realizada pelo Legislativo e obtiveram dados sobre as ações da pasta.

Programada para acontecer durante todo o mês de abril, a pesquisa para traçar a realidade atual das unidades de ensino da capital tem o objetivo de levantar dados que sirvam de base para as ações da Comissão de Educação na Câmara Municipal de Natal. A iniciativa foi louvada pela titular da SME, que revelou grande interesse nas informações que serão coletadas durante a atividade. “É muito importante ouvirmos estas opiniões. Elas abrem os olhos da secretaria e servem de subsídio para que possamos acertar”, disse Justina, que confirmou presença na audiência pública que debaterá o assunto – ainda sem data definida.

Outro ponto discutido durante o encontro foi o processo de unificação dos planos de cargos e carreiras do magistério em Natal. Diante da informação de que existe uma comissão da SME tratando do tema, os vereadores sugeriram a inclusão de um representante do Legislativo no grupo, como uma forma de facilitar a composição do documento e agilizar a sua aprovação na Câmara. Sugestão esta que foi bem recebida pela secretária.

Durante a reunião, a titular da SME também adiantou algumas ações que serão desenvolvidas pela pasta durante 2013, com recursos provenientes do Ministério da Educação. Entre elas, a informatização das matrículas, prevista para ser implantada ainda neste ano; a climatização e a instalação de lousas digitais nas salas de aula; e a reforma nos laboratórios de informática de todas as unidades de ensino da cidade.

Para a vereadora Júlia Arruda, a conversa dos membros da Comissão de Educação da CMN com Justina Iva foi positiva, já que permitiu que os vereadores estabelecessem contato direto com a SME, facilitando o diálogo e o entendimento entre o Executivo e o Legislativo. “A boa recepção que tivemos na secretaria nos deixou certos de que teremos liberdade para sugerir, criticar e propor ações em prol da melhoria da nossa educação”, avaliou Júlia.

Categorias

Arquivo