Vereadora Júlia Arruda

Blog

Blog

Câmara aprova PMAT em primeira discussão

O Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos, que inclui a construção de um centro administrativo de Natal e sede própria da Câmara Municipal, deverá ser viabilizado por financiamento de R$ 54 milhões junto ao BNDES aprovado em primeira discussão nesta quinta-feira (6) pela maioria dos vereadores. A votação teve o placar de 23 votos a favor e dois contrários.

A ideia é economizar mais de R$ 500 mil reais gastos mensalmente com alugueis da Câmara, de secretarias e de outros órgãos ligados à Prefeitura.

Favorável à matéria, a vereadora Júlia Arruda destacou a importância do projeto lembrando dos problemas que a Prefeitura teve com alugueis, investigados por Comissão Especial de Inquérito que ficou conhecida como CEI dos Contratos, a qual presidiu.

“Nós que presidimos a CEI nos debruçamos sobre os contratos inicialmente dos alugueis. Reacendendo esse debate eu acredito que os gestores tem que tomar como fundamento os relatórios que resultaram da investigação. Ele inclui recomendações do Ministério Público. Acredito que alguns contratos que foram objetos da CEI devem ser repensados”, fala, lembrando o caso do Novotel, que sedia as Secretarias Municipais de Saúde e Educação, na Ladeira Sol, Areia Preta. 

O vereador Júlio Protásio, líder do prefeito Carlos Eduardo na bancada, disse que o Executivo sinalizou interesse em retirar as secretarias do Novotel, mas por falta de nova locação teve que renovar o contrato por mais seis meses.

Categorias

Arquivo