Vereadora Júlia Arruda

Blog

Habitação

Júlia Arruda se reúne com titular da Seharpe e cobra solução para loteamento Monte Celeste


Vereadora destacou a necessidade de famílias do local serem contempladas em programas habitacionais

A vereadora Júlia Arruda participou, nesta segunda-feira (29), de reunião com o titular da Secretaria Municipal de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes, Homero Grec, para discutir a situação das famílias que moram no loteamento Monte Celeste, no bairro Planalto.

Acompanhada por uma pequena comissão de moradores da localidade, Júlia expôs ao secretário a atual realidade enfrentada pelos habitantes do loteamento e destacou a necessidade destas famílias serem contempladas por programas habitacionais da Prefeitura.

“Acompanhamos há algum tempo a situação precária dos moradores do assentamento Monte Celeste e sabemos de suas dificuldades que, aliás, são comuns a todas as famílias que vivem em assentamentos na nossa cidade. Desta forma, procuramos a secretaria para darmos as moradias que estas famílias esperam desde a gestão passada.”, disse Júlia.

De acordo com o secretário Homero Grec, a Prefeitura está ciente da situação enfrentada pelos moradores do Monte Celeste e dos demais 73 assentamentos existentes em Natal, e trabalha para conseguir verbas federais para construir cerca de 12 mil unidades habitacionais até o ano de 2016.

“Atualmente trabalhamos com duas possibilidades de viabilizarmos estas moradias, o programa Minha, Casa Minha Vida, e o projeto de urbanização integrada, que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal. Certamente os moradores dos assentamentos de Natal serão beneficiados com estas iniciativas”, disse.

Segundo o secretário, existe ainda a possibilidade dos moradores do assentamento celeste serem contemplados com moradias no conjunto Vivendas, que será construído no Planalto e contará com cerca de 900 residências. “Deste total, 30% será destinado aos assentamentos. O Monte Celeste, assim como os outros assentamentos, terá uma chance de disputar esse percentual e, inclusive, já conta com a vantagem de atender ao critério da territorialidade por ficar próximo ao empreendimento”, afirmou Homero.


Categorias

Arquivo