Vereadora Júlia Arruda

Blog

Blog

Reunião discute proteção à mulher em Natal e no RN

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, Trabalho e das Minorias da Câmara Municipal do Natal reuniu-se nesta manhã (8) para debater o fortalecimento da rede de proteção em defesa da mulher e decidiu agendar um encontro com o governador Robinson Faria para debater o fortalecimento da rede de proteção e políticas públicas para a mulher. Além de vereadores, participaram entidades como o Ministério Público Estadual, Secretaria Estadual de Políticas Públicas para a Mulheres e entidades de defesa do direito das Mulheres.

A promotora de justiça, Érica Canuto, que coordena o Núcleo de Apoio à Mulher Vítima da Violência Doméstica e Familiar, destacou o crescente número de denúncias por parte das mulheres. "Após a Lei Maria da Penha ficou constatado que as mulheres estão procurando mais o poder público porque geralmente a violência contra elas acontece dentro de casa. Mas ultimamente vemos aumentar os casos de crimes de rua, como estupros e agressões, com reuintes de crueldade", disse a promotora que ressaltou a importância de se manter, no âmbito da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesed), a coordenadoria de Defesa dos Direitos da Mulher e Minorias (Codimm).

Um projeto enviado à Assembleia Legislativa, pelo governador Robinson Faria, prevê a mudança de funções da Codimm. "Seria praticamente extinta e passaríamos a atender a uma clientela penitenciária que não temos experiência. É importante manter a Codimm porque o atendimento a essas vítimas não se resume à delegacia. É preciso uma atenção maior para acolher, investigar, apoiar. Trabalhos junto às cinco delegacias especializadas da Mulher", explicou a assessora técnica da coordenadoria, Márcia Carvalho.

A vereadora Júlia Arruda (PSB) também defendeu a manutenção da Codimm, bem como sua reestruturação e fortalecimento da rede de proteção. "Antes de promover essa mudança, deve-se haver o diálogo com as instituições que trabalham em defesa da mulher. Nós estamos juntando esses órgãos, essas entidades, para socializar essas informações e esse momento em que vivemos, onde precisamos fortalecer a rede de proteção, e vamos levar ao governador", disse a parlamentar. Um requerimento assinado pelos vereadores e entidades interessadas no assunto será encaminhado ao governador solicitando uma audiência para debater o assunto. 

Autor: Cláudio Oliveira/ASSECAM
Foto: Marcelo Barroso

Categorias

Arquivo