Vereadora Júlia Arruda

Blog

Blog

Dezoito de Maio ganha força com Copa do Mundo

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, 18 de maio, reafirma a importância de denunciar os autores de violência sexual contra a população infanto-juvenil e neste ano a data ganha ainda mais importância. Isso porque eventos como a Copa do Mundo alertam para o crescimento da vulnerabilidade infantil.

As causas desse problema vão desde a antecipação das férias escolares até o aumento do número de empregos temporários e informais ligados ao evento.

“A escola pode ser um ponto de apoio nesse combate realizando atividades”, adverte a vereadora Júlia Arruda, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes e membro do Comitê Local de Proteção Integral de Crianças e Adolescentes em Grandes Eventos, criado por ocasião do mundial.

Iniciativas surgem dos mais diversos setores a fim de fortalecer a rede de proteção a esses jovens durante a Copa. São os casos das campanhas “Faça bonito ”, “Proteja Brasil ” e “Não Desvie o Olhar ”.  

Ações como essas abrangem também os cuidados para evitar desaparecimentos, trabalho infantil e uso de álcool e outras drogas.

Data

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000 e lembra o “Caso Aracelli”.

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo. Seu corpo apareceu após seis dias, carbonizado.  Os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

Denúncias

Para receber e monitorar denúncias de violência contra crianças e adolescentes em todo o Brasil, existe o “Disque 100”. O serviço funciona diariamente de 8h às 22h, incluindo finais de semana e feriados. As denúncias são anônimas e podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita; e do exterior pelo número telefônico pago 55 61 3212-8400 ou pelo e-mail: disquedenuncia@sedh.gov.br.

Categorias

Arquivo