Vereadora Júlia Arruda

Blog

Notícias

Júlia Arruda participa de reunião para discutir situação das escolas de samba de Natal

Durante o encontro, Júlia destacou a importância de se instrumentalizar o Fundo de Incentivo à Cultura (FIC)

A vereadora Júlia Arruda (PSB) participou, na manhã desta quarta-feira (06), de reunião na Câmara Municipal de Natal para definir a possibilidade de realização dos tradicionais desfiles das escolas de samba no carnaval deste ano. Durante a audiência, que contou com a presença de representantes do Legislativo Municipal, gestores da Funcarte e membros da Associação de Escolas de Samba e Tribos de Índio de Natal (Aestin), ficou definido o cancelamento das apresentações das agremiações no evento por conta da falta de recursos.

Na oportunidade, os carnavalescos membros da Associação de Escolas de Samba e Tribos de Índio de Natal (Aestin) reivindicaram o pagamento da premiação do carnaval 2012 – cerca de R$ 242 mil – que ajudaria a cobrir parte dos gastos com a confecção de adereços e fantasias que não serão utilizados esse ano. Os representantes das escolas cobraram ainda mais organização e planejamento na distribuição de recursos para o carnaval 2014 por parte da Funcarte.

Segundo o presidente da Funcarte, Dácio Galvão, o pagamento ainda não foi liberado porque a Aestin tem pendências identificadas pela Controladoria do Município em relação à prestação de contas do ano passado. No entanto, o presidente se comprometeu a viabilizar o pagamento assim que as pendências da Aestin com o MP estejam regularizados.

Durante a ocasião, Júlia destacou a importância de se instrumentalizar o Fundo de Incentivo à Cultura (FIC), de modo a dar mais estrutura para a classe artística que sofre com a falta de recursos em Natal. "Temos que reativar o FIC, pois ele é uma ferramenta importante para o fomento da cultura da nossa cidade. Com um orçamento justo reservado para as atividades culturais, será mais fácil para a classe artística trabalhar e quem ganha com isso é a cidade e a população em geral", afirmou.

A vereadora aproveitou ainda pra colocar o seu mandato à disposição dos produtores culturais e se prontificou a ajudar no que for necessário para cobrar da Prefeitura medidas eficientes para o desenvolvimento do setor.

Após o carnaval, haverá uma nova reunião entre a Câmara, a Aestin, a Controladoria do Município e a Secretaria de Planejamento e a Funcarte, para tratar do pagamento do prêmio de 2012 e iniciar os debates para o próximo carnaval.

Categorias

Arquivo