Vereadora Júlia Arruda

Blog

Notícias

Júlia conclama sociedade para evitar que Prefeitura e Governo descontinuem projetos

A presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Criança e do Adolescente da Câmara Municipal de Natal, vereadora Júlia Arruda (PSB), conclama a sociedade e gestores para que não deixem acabar dois projetos importantes que vêm sendo desenvolvidos no Grupamento dos Fuzileiros Navais de Natal, no bairro das Quintas.

Após ser procurada por pais de estudantes inscritos no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), e do Projeto Construindo o Cidadão, da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac), a parlamentar visitou na manhã desta terça-feira (20) o Grupamento onde funciona parte destes projetos.

Constatou o excelente trabalho que vem sendo desenvolvido com 120 crianças e adolescentes, mas também o perigo de suspensão dos mesmos, devido à falta de interesse da Prefeitura de Natal e do Governo do Rio Grande do Norte de darem continuidades aos projetos que, ressalte-se, vêm sendo desenvolvidos há cerca de 15 anos.

SUSPENSÕES

Após débitos de 2011 da prefeitura com o Grupamento, que somam cerca de R$ 23 mil, os 80 estudantes do Peti passaram a ser atendidos em 2012 pelo projeto “Força no Esporte – Segundo Tempo, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Uma solução válida, mas que provocou a redução do atendimento de cinco para três dias semanais e que teve sua fase encerrada no último dia 30 de outubro, sem que as famílias saibam se vai ter continuidade – através da prefeitura ou ainda pelo governo federal.

Já os 40 estudantes do Fundac também podem ter o projeto suspenso a partir de 2013. Apesar do Governo ter honrado com as despesas de contrapartida até o momento, gestores do órgão sinalizam para a não renovação da parceria, sob a alegação de que o projeto não atende o público que trabalha – infratores, mesmo o gasto anual com o projeto sendo estimado em R$ 22 mil/ano, valor considerado baixo para a relevância do trabalho desenvolvido.

AÇÕES
Além de se pronunciar no Plenário da Câmara, a vereadora pretende articular representantes da sociedade civil, deputados estaduais, e agendar audiências com gestores municipal e estadual. E também levará a situação ao prefeito eleito, Carlos Eduardo Alves, no sentido de obter compromisso para que haja continuidade do projeto ligado à Semtas.

Ao comandante do Grupamento, Capitão de Fragata Wilson Guedes Louredo, e ao coordenador militar pelos projetos sociais Peti e Fundac, capitão Jailton, a vereadora garantiu todo empenho para ajudar a Marinha a dar continuidade aos projetos. Em tempo: lá, as crianças e adolescentes têm aulas de esporte, civilidade e recebem alimentação, configurando-se em um importante complemento educacional.

Categorias

Arquivo